Dicas e cuidados com o seu gato

A Vegano Shoes, preparou algumas dicas essenciais para você cuidar do seu felino e deixá-lo ainda mais feliz.

Ter um gatinho em casa é mesmo maravilhoso. Além de companhias incríveis, os bichinhos são independentes, limpos, adaptam-se facilmente a ambientes pequenos, são fofos e cheios de charme. Mas, para garantir o bem-estar e vida longa dos felinos, é preciso muita atenção e alguns cuidados especiais. Confira na lista a seguir:

gato na janela
1-O perigo das janelas

Quem vive em apartamento e é dono(a) de gatos, sabe como eles adoram ficar nas janelas observando o movimento da rua. O problema é que eles se distraem facilmente com o voo de pássaros e borboletas e podem perder o equilíbrio e cair.  A expressão “a curiosidade matou o gato” é realmente verdadeira, pois, os felinos são considerados animais espiões, adoram explorar cada detalhe dos ambientes, e, durante à perseguição por suas caças, muitas vezes, não medem forças para alcançá-las. Vale lembrar que, quando um gato está olhando fixamente para fora, ele já está com desejo de perseguir o alvo. Para evitar quaisquer acidentes e inconvenientes com seus bichinhos, quem mora em apartamento deve telar todas as janelas e manter-se atento com o desgaste do material, que dura, aproximadamente, 5 anos. Após este período, é recomendada a troca ou manutenção das telas.

gato na rua
2-Evite deixar o seu gato solto na rua

Embora os felinos sejam extremamente livres e desimpedidos, eles não têm noção do perigo que correm, por isso, a cautela precisa vir dos donos. Deixar um gato solto na rua é muito arriscado, seu bichinho pode ser exposto  à inúmeras doenças, brigas, além da maldade humana e os riscos de atropelamento.  Se você acha que o seu gato está estressado ou precisa de mais espaço, experimente levá-lo para passear na coleira, pelo menos, dessa forma, a diversão e segurança estão garantidas.

gatos na caixa de areia
3-Use e abuse da caixinha de areia

Sinônimo de higiene e bem-estar, as caixinhas de areia são extremamente úteis e benéficas para a saúde dos gatinhos. É recomendado oferecer, no mínimo, uma caixa a mais de acordo com o seu número de gatos, por exemplo, quem tem um gato, deve ter duas caixas, quem tem dois gatos deve ter quatro caixas, e assim, sucessivamente. O próprio instinto felino faz com que os gatos sintam necessidade de enterrar fezes e urina para que possíveis predadores não identifiquem seu cheiro.

A caixa deve estar sempre cheia ou, pelo menos, com 5cm de altura de areia. As sujeiras devem ser retiradas com a pá e inseridas em um saco plástico com nó antes de serem depositadas no cesto de lixo. O melhor tipo de areia é a que absorve bastante quantidade de líquido, as opções biodegradáveis também são muito interessantes, pois, além de serem mais práticas, ainda deixam menos cheiro.

gato sacola plástica
4-Muito cuidado com as sacolas plásticas

Os gatinhos adoram se divertir com os mais variados objetos, alguns deles, podem ser perigosos e até mesmo fatais, como é o caso dos sacos plásticos.  Eles adoram rasgar e esconderem-se dentro das sacolas, o que pode gerar sufocamento, por isso, é necessário redobrar a atenção com os plásticos ao chegar em casa com compras, receber visitas ou colocar o lixo para fora.

gato e bolas de pelo
5-Atenção com as bolas de pelos

Os gatos se lambem para se higienizarem, por isso, não precisam de banhos com tanta frequência, porém, essa prática faz com que os bichinhos ingiram pelos mortos, que, muitas vezes formam bolas, expelidas pelo organismo em forma de vômitos. Mas não se preocupe, durante a troca de pelagens é comum ocorrer vômitos das bolas de pelo. É considerado normal os gatos vomitarem até quatro vezes por mês, mas, se o seu felino ultrapassar essa quantidade, encare como um sinal de alerta e consulte o médico veterinário.

gatos e vacinas
6-Jamais se esqueça das vacinas

Os gatos, assim como todos os animais, também precisam ser vacinados periodicamente. Consulte o veterinário para saber quais devem ser aplicadas junto a uma carteira para acompanhamento. Atualmente existem vacinas como a V4, que imuniza os felinos contra diversas doenças como panleucopenia, rinotraqueíte, calicivirose e clamidiose e é uma ótima e completa escolha para prevenir doenças.

gato boca aberta
7-A importância da castração

Castrar ou não o seu gato é uma escolha sua, mas, grande parte dos veterinários indica o procedimento por conta dos inúmeros benefícios agregados à saúde do animal. A castração evita comportamentos indesejados como marcação territorial com xixi, miados altos por conta dos cios das gatas e, além disso, auxilia no controle populacional.

Gostou dessas dicas? Então compartilhe com os amigos e lembre-se, sempre que surgir alguma dúvida pesquise, questione, leia sobre e jamais deixe de conversar com o seu veterinário sobre a e a saúde e o bem-estar do seu gatinho.

 

Clique aqui e receba os próximos posts, novidades e ofertas da Vegano Shoes.

Vegano Shoes - Calçados, sapatos e acessórios veganos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: