Laminado vegetal, tecido de soja e pinãtex: o que são, de onde vêm, como se reproduzem?

Foi-se o tempo em que utilizar peças produzidas através de couro e pele de animais era sinônimo de status social, atualmente, com a evolução do pensamento crítico e a disseminação da causa animal, só conseguimos associar esses comportamentos à tortura e crueldade. Graças a essa preocupação mútua com todas as formas de vida, estão surgindo novas opções de tecidos considerados sustentáveis, com o principal propósito de criar produtos menos agressivos possíveis ao meio ambiente.

Sabemos que, para que o uso de couro animal seja oficialmente extinto, haver opções alternativas tão boas e duráveis quanto, é fundamental, não é mesmo? Hoje em dia, o mercado vegano conta com uma variedade incrível de matérias-primas que substituem perfeitamente o uso do couro animal, uma delas é o laminado vegetal. Extraído das seringueiras (com procedimentos certificados e controlados, sem nenhum tipo de desmatamento envolvido) o laminado vegetal, também conhecido como látex natural ou borracha natural, é nacional, sustentável e resistente. O procedimento, bastante simples e com baixo consumo de energia, foi descoberto pelos índios da Amazônia e envolve, basicamente, a junção de uma camada de látex sobre uma sarja que, quando aquecida, transforma-se em uma espécie de manta.

materiais-alternativos-vegano-shoes-01-bota-vegana-laminado-vegetal
Bota da Vegano Shoes em Lâminado Vegetal

O mais bacana de utilizar o laminado de látex é saber a sua ótima relação com a natureza e o meio ambiente. Por ser um material reciclável, reutilizável e não poluente, durante todo o processo de fabricação do produto, nenhum tipo de química é utilizado, até mesmo o tingimento é ecológico, feito à base de água. Além disso, é biodegradável, ou seja, mesmo se for descartado em um lixo a céu aberto, se decompõe rapidamente sem gerar resíduos de poluição (mas, como somos sustentáveis e ecologicamente corretos, sempre descartamos os objetos de forma correta, né? Guarde essa informação apenas como um plus).

materiais-alternativos-vegano-shoes-03-camiseta-algodao-organico

Além do laminado vegetal, muitos outros materiais são considerados sustentáveis e podem ser ótimas alternativas para substituição do couro, como, por exemplo, o algodão orgânico. Ainda que a produção nacional seja relativamente pequena, o fluxo vem aumentando a cada dia devido à demanda de empresas que buscam utilizar produtos com menor impacto ambiental possível. Aproximadamente 25% dos pesticidas do mundo são utilizados nas plantações de algodão convencionais, por este motivo, existe urgência em diminuir o consumo do material e oferecer opções sem tantos insumos tóxicos. Um recente estudo, baseado nos países que ocupam o top 5 dos maiores cultivadores mundiais de orgânicos, (Índia, China, Turquia, Tanzânia, e EUA) apontou que, em comparação com plantações comuns, o cultivo do algodão orgânico reduz o consumo de água, emissão de gases, acidificação, demanda de energia primária e estimula 46% menos o aquecimento global, comparado ao algodão convencional. A Vegano Shoes produziu algumas camisetas de algodão orgânico que você pode conferir clicando aqui.

materiais-alternativos-vegano-shoes-02-camiseta-algodao-organicomateriais-alternativos-vegano-shoes-04-camiseta-algodao-organico

Outro material totalmente sustentável e 100% biodegradável é o tecido de soja, ainda não muito conhecido em território brasileiro, é fabricado na China, a partir de resíduos de fabricação de tofu. Também conhecido como fibra de soja, o tecido é produzido a partir de uma pasta extraída dos resíduos contidos na semente da soja após a extração do óleo. Após a destilação e refinamento da proteína, é adicionada uma resina biológica para alterar a sua estrutura principal. Logo após, são inclusos altos polímeros e a solução passa por processos de cozimento, estabilização e acetilação, por fim, a massa formada é submetida à ondulação, texturização, termofixação e cortada nas medidas adequadas.

materiais-alternativos-vegano-shoes-05-tecido-de-soja
Tecido de soja

O pinãtex também é uma matéria-prima que vem ganhando destaque,  fabricado através de folhas de abacaxi, foi desenvolvido pela designer espanhola Carmen Hijosa. De acordo com Carmen, o pinãtex tem ótima resistência e durabilidade, pode ser tingido e modificado para se obter diferentes texturas e é um ótimo substituto para o couro animal.

Vale lembrar que, além dos tecidos citados, ainda existe uma infinidade de produtos ecológicos, veganos e sustentáveis,que são ótimas opções e não prejudicam o planeta e o ecossistema como o couro animal. Continue acompanhando as postagens do blog, em breve postaremos mais sobre eles. Aproveite o conteúdo desta matéria e compartilhe com seus amigos carnistas que ainda acreditam que apenas o couro é sinônimo de qualidade e durabilidade. Clique aqui e veja os produtos que a Vegano Shoes utiliza em suas produções.

 

Clique aqui e receba os próximos posts, novidades e ofertas da Vegano Shoes.

Vegano Shoes - Calçados, sapatos e acessórios veganos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: