fbpx

Nem mel? Descubra a crueldade animal por trás desse produto

mel

Embora o mel seja, muitas vezes visto como vegan friendly, a realidade é que o mel de abelha não é produzido para consumo humano. Muito pelo contrário.

Afinal, o produto é feito exclusivamente para abelhas, e a partir do momento em que passa a ser colhido para as pessoas se alimentarem, a saúde desses insetos é prejudicada.

Saiba mais sobre esse processo no post do blog da Vegano Shoes.

O esforço das abelhas para a produção do mel

De fato, o mel é única fonte de alimento com nutrientes essenciais para abelhas, principalmente no inverno.

Para obter, uma abelha visita mais de mil flores para coletar néctar suficiente para a produção do alimento dentro do “estômago do mel’ – uma espécie de “segundo estômago” – onde as enzimas começam a separação do néctar.

E o processo não acaba por aí. Após o retorno da abelha à colmeia, o néctar passa a ser mastigado por “abelhas domésticas” que auxiliam na fabricação do alimento.

Afinal, as colmeias são um dos coletivos mais lembrados quando nos referimos à cooperação mútua.

O que pouca gente sabe é que cada abelha produz, em média um duodécimo (12x menos) do que uma colher de chá de mel durante toda a sua vida – o que é fundamental para a garantia da saúde da colmeia.

Contudo, além de muitas vezes roubarem o mel das abelhas e ainda misturarem com xarope de milho, os apicultores fazem com que as abelhas não consigam aproveitar os ganhos de seus próprios esforços.

mel

Confira a seguir algumas práticas cruéis que envolvem a produção do mel

Substituição do alimento essencial para os insetos

Ao removerem o mel de uma colmeia, os agricultores substituem o produto por um tipo de “açúcar alternativo” que prejudica a saúde das abelhas já que não contém os mesmos nutrientes e vitaminas presentes no mel.

Por conta disso, as abelhas se esforçam até o esgotamento para conseguirem produzir novamente o que foi retirado.

Riscos de doenças e mutilação dos animais

De fato, diversas doenças podem ser desencadeadas no organismo dos insetos devido à forçada importação de diferentes espécies para a criação de colmeias fabricantes massivas de mel.

As abelhas também têm suas asas cortadas para evitar que saiam da colmeia e produzam outra colônia em outro lugar.

mel

Os impactos ambientais provocados pela produção de mel e os alimentos que podem substituí-los

A produção em massa do mel, além de intensificar a crise das abelhas, ainda afeta os outros insetos que dependem do néctar. Uma prova disso são os zangões, que sofreram impactos populacionais devido às altas quantidades de abelhas cultivadas.

Mas, a notícia boa é que produtos como néctar de coco, melaço, stevia, néctar de maçã e xarope dourado podem ser ótimos substitutos e totalmente livres de crueldade.

Enfim, pessoal, curtiram o post sobre a crueldade animal por trás do mel? Continuem ligados no blog da Vegano Shoes, em breve, teremos muitas novidades.

Um abração!


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: